Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama
2ª via de boleto | COB online | SPC Brasil | NF-e

ECONOMIA

Setor industrial ganha incentivos para se desenvolver

Reunião na Aciu apresenta empreendimentos exclusivos para quem pretende investir na instalação de uma indústria


legenda
Setor industrial ganha incentivos para se desenvolver
legenda
Setor industrial ganha incentivos para se desenvolver
legenda
Setor industrial ganha incentivos para se desenvolver
legenda
Setor industrial ganha incentivos para se desenvolver

Com o objetivo de incentivar a implantação de novas indústrias na cidade, a administração municipal elaborou o Programa de Atração de Desenvolvimento, que prevê a criação de um Parque Tecnológico, que já está sendo estruturado em 8.700 m² em área localizada dentro do Parque Grevilha Empresarial, no trevo de saída para Mariluz. O projeto foi apresentado a empresários em reunião de associados da Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama) realizada na manhã desta quinta-feira (27).


A apresentação do Parque Tecnológico foi feita por Douglas Antonio Bácaro, secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo. Ele observou que o empreendimento – nos moldes do implantado em Maringá, até agora o único existente no Paraná – está em área doada pela empresa Abdon & Cabrelli Imóveis e vai integrar o Sistema Paranaense de Parques Tecnológicos. “Ali será um centro para integrar ações de pesquisa e inovação tecnológica, com a participação de universidades, alunos e pesquisadores, com apoio do Núcleo de Tecnologia da Informação da Aciu”, contou.

Segundo Bácaro, o local terá espaço para 13 incubadoras – que receberá 13 projetos desenvolvidos na “Germinadora do NTI” (na Praça Santos Dumont) – e sete laboratórios. “Os projetos escolhidos, que tenham foco tecnológico, receberão subsídio do município para a aquisição dos terrenos no Grevilha Empresarial”, detalhou.

João Abdon, da Abdon & Cabrelli Imóveis, relatou que o Grevilha Empresarial, empreendimento que traz para a cidade o seu primeiro Condomínio Industrial, tem 200 terrenos com medidas entre 600 m² a 2,5 mil m², localizado no entroncamento da PR-323 com a PR-468. “O Grevilha foi lançado em 2014 e está com 45% dos terrenos comercializados. O projeto conta com 268 m² na área de guarita, administração, recepção, sala de reunião, do presidente e de treinamento; conta também com refeitório externo e interno, alameda com redário, área de lazer com academia ao ar livre e vestiário e churrasqueiras, tudo com acabamento de alto padrão”, disse, especificando que há terrenos com preços entre R$ 300 e R$ 420 o metro quadrado, tudo parcelado em trinta e seis vezes.


ELOGIOS

O presidente da Aciu, Orlando Luiz Santos, pediu aos associados para que falassem bem de Umuarama, que destacassem suas belezas, seus pontos fortes, deixando de fazer críticas negativas. “Nossa cidade é uma das mais importantes do Estado. Aqui nós temos tudo para conquistarmos ainda mais espaço. Nossa obrigação, como pessoas que escrevem a história dessa cidade, é falar bem, é incentivar, é elogiar. Quanto mais a cidade atrai investimentos, mais a economia se aquece, mais empregos são gerados, mais gente nas lojas consumindo: todos saem ganhando”, concluiu.



Veja galeria de fotos clicando aqui.